2015-04-24 00:00:00 Finanças English Conheça o Score de Crédito. Uma das ferramentas mais utilizadas pelos bancos para decidir quais as taxas que cobradas e o valor liberado. https://d2bnb9dvbpjkfy.cloudfront.net/wp-content/uploads/2017/05/09021250/t45.png Score de Crédito Entenda Como Funciona o Score de Crédito do Consumidor

Entenda Como Funciona o Score de Crédito do Consumidor

2 min de leitura

Quando as financeiras concedem crédito aos seus clientes, como elas decidem quais as taxas que cobrarão e qual o valor que liberarão? O Credit Score, “nota de crédito”, é uma das ferramentas utilizadas para tomar essa decisão. Essa nota é levada em conta na hora de calcular o risco que um determinado cliente oferece, baseada em algumas informações do seu histórico. E como esse Score pode ajudar tanto o consumidor como quem fornece o crédito?

Crédito mais seguro
Através dessa pontuação, a financeira que oferece o crédito tem mais segurança de que o seu cliente irá ser capaz de honrar suas obrigações, evitando inadimplência – um problema que é recorrente. Para o consumidor, sua nota refletirá a sua condição como cliente e lhe auxiliará na hora de tomar decisões importantes como solicitação de crédito. É saudável para os dois lados, pois quem fornece fica tranquilo em relação ao retorno dos valores e quem recebe assumirá compromissos que poderá arcar. Isso se reflete em toda a saúde da economia. Agora, veremos como esse Score é calculado.

Informações para cálculo do Score
Todos conhecem o Serasa e o SPC, que são os serviços que armazenam os dados de transações comerciais e relacionam as dívidas. É desse serviço que vem as informações para determinação do Score. São elas as informações negativas, que tratam de protestos, participação em empresas falidas, inadimplência, cheques sem fundo e outras questões nessa linha, e as regionais, que tratam da situação econômica e de inadimplência de uma determinada região. Para você, empreendedor, é sempre bom melhorar esse Score.

Melhorando sua nota
É importante ter em mente que a decisão de oferecer crédito é da operadora. O Score é apenas uma das ferramentas levadas em conta na hora de decidir, mesmo sendo muito importante. Esse Score também não é algo imutável, definido de maneira geral para todas as financeiras. Ele se baseia nas informações que citamos e, por isso, está sempre se ajustando. Essa nota vai de 300 a 900, sendo quanto maior, mais “confiável” o cliente.

Para melhorar o seu Score, é preciso que o seu histórico seja de “bom pagador”. Então, o importante é quitar as dívidas antigas, resolver as pendências que vão para o Serasa/SPC, ou seja, limpar o seu nome. É possível adicionar ao seu histórico no Serasa dados positivos, como dívidas que foram pagas e compromissos que foram honrados. Esse tipo de atualização irá, certamente, incrementar a sua nota. Mas, como dissemos no início, apenas um bom Score não garantirá o crédito que você deseja. É preciso haver uma boa relação entre o consumidor e a operadora, para que ambos cheguem num acordo sobre o que é viável e rentável, evitando dificuldades futuras e sanando os problemas atuais. Portanto, mais que um bom Score, é importante consciência na hora de fazer negócios.

Esse tipo de ferramenta para concessão de crédito é amplamente utilizada em países como os Estados Unidos e a Alemanha. No Brasil, o uso do credit scoring tem crescido com o passar do tempo e já é considerado extremamente valioso, na maior parte por operadoras de cartão de crédito. É uma via de mão dupla, servindo tanto a operadora quanto ao cliente.

Caso tenha alguma dúvida sobre crédito ou sobre o score de crédito do consumidor? deixe um comentário!

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Artigos Relacionados

ICMS não incide na base de cálculo do PIS e da COFINS

Você já deve ter ouvido falar que o Supremo Tribunal Federal (STF)…

Leia Mais

Venda consignada: o que é e como funciona

Levar produtos para as prateleiras das redes de varejo e atacado é…

Leia Mais

Antecipação de recebíveis pode melhorar o fluxo de caixa da sua empresa

É bastante comum que empreendedores, vez ou outra, enfrentem dificuldades para manter…

Leia Mais