2021-05-04 12:42:59 Para Contadores English A contabilidade de custos trata de gastos muito importantes que estão diretamente ligados ao potencial e à qualidade das soluções da... https://quickbooks.intuit.com/br/blog/br_qrc/uploads/2021/05/contabilidade-de-custos.jpg https://quickbooks.intuit.com/br/blog/contadores/contabilidade-de-custos-veja-o-que-e-e-descubra-sua-importancia/ Contabilidade de custos: você sabe por que é importante? %%sep%% %%sitename%%

Contabilidade de custos: veja o que é e descubra sua importância

10 min de leitura

A ciência contábil tem diversas ramificações. Elas existem para auxiliar o próprio contador a executar suas tarefas e, principalmente, ao usuário (empresário, gestor etc.) para entender os dados apresentados. Nesse contexto, temos a contabilidade de custos como um dos principais segmentos desse setor.

Todas as áreas da contabilidade têm como objetivos apresentar informações para a tomada de decisões. Esta, especialmente, trata de gastos muito importantes que estão diretamente ligados ao potencial da empresa, bem como à qualidade das soluções oferecidas ao mercado.

Neste artigo, mostraremos com mais detalhes os principais pontos da contabilidade de custos e a sua importância para a empresa. Acompanhe!

O que é a contabilidade de custos?

A contabilidade de custos é um ramo da ciência contábil que tem por objetivo registrar e controlar todo o recurso que é aplicado na prestação de serviços. Essa análise é feita desde o momento da concepção até a entrega ao seu cliente final.

O foco desse controle financeiro é fazer com que a empresa seja capaz de pagar todos os gastos envolvidos na sua atividade e, principalmente, mensurar a sua margem de lucro em cada um dos serviços ou demais soluções que são oferecidas ao seu mercado.

Nesse sentido, é importante fazer a distinção do que é um custo dentro da empresa. Basicamente, nós temos dois tipos de gastos. Os primeiros são as despesas. Estas, por sua vez, estão relacionadas à área administrativa do seu negócio, tais como: salários do pessoal de limpeza, setores administrativos, internet, gastos com o escritório, entre outros.

Os custos, por outro lado, são gastos relacionados diretamente à prestação de serviços. São exemplos os custos de funcionários de uma fábrica, pessoal de vendas, materiais utilizados, compras para revenda etc. Fazer essa diferenciação é fundamental para entender os próximos pontos que descreveremos neste artigo.

Qual é o seu objetivo nas empresas?

Depois de entender o conceito de contabilidade de custos, é importante saber os seus objetivos. Afinal, ela não teria nenhuma validade se não atingisse pontos cruciais de um negócio. Veja quais são eles!

Controle de custos

Um dos primeiros pontos que devem ser destacados é o próprio controle de custos. Esses gastos podem significar uma parcela considerável na lucratividade de uma empresa. Por isso, eles precisam ser muito bem mensurados e, sobretudo, controlados. Empresas que não têm um bom controle de custos correm sérios riscos de prejudicarem a sua receita, “devolvendo” todo o faturamento obtido em pagamento de custos diversos que existem dentro de um negócio.

A situação fica ainda pior quando não se faz ideia de onde vem todos esses gastos. Esse é o caminho que pode fazer com que você feche as portas do seu negócio em pouquíssimo tempo. Portanto, é importante contar com uma ferramenta capaz de demonstrar detalhadamente os custos que envolvem o seu negócio.

Tomada de decisões

O fornecimento de informações para a tomada de decisões é outro objetivo importante da gestão de custos. Muitas pessoas têm uma ideia totalmente equivocada desses gastos. Como eles podem impactar negativamente a lucratividade de um negócio, é comum ouvir empresários afirmarem o termo “cortar custos”. No entanto, isso pode esconder uma armadilha muito perigosa.

Você já sabe que esses gastos estão diretamente relacionados à qualidade dos seus serviços, bem como à capacidade de prestação. Logo, cortar custos deliberadamente pode fazer com que esses dois pontos sejam prejudicados. Se você precisa de 10 funcionários para atender os seus clientes, ao cortar esse número para 8, por exemplo, a qualidade do seu negócio cairá. Consequentemente, as vendas também podem ser prejudicadas.

A contabilidade de custos, nesse ponto, fornece informações precisas e de qualidade para que o gestor possa cortar gastos que, efetivamente, estão prejudicando a empresa e, sobretudo, podem ser reduzidos sem afetar outras áreas.

Determinação de preços

A contabilidade de custos também atua na formação de preços. Como esse segmento analisa e trabalha com todos os valores que foram gastos na sua atividade, fica muito mais fácil determinar o preço de venda.

Todos os custos que envolvem a operação da empresa são contabilizados e, em seguida, fracionados para cada serviço ou solução disponibilizada aos seus clientes. Dessa forma, é possível ter em mãos um valor mínimo de venda, no qual todos os gastos envolvidos tenham sido pagos.

Planejamento orçamentário

Por fim, a contabilidade de custos tem um papel primordial na execução do planejamento orçamentário de uma empresa. Abrangendo todos os gastos existentes em períodos anteriores, é possível criar uma previsão do quanto deve ser aplicado nesses custos no próximo período.

Com esse planejamento em mãos, é possível fazer outras previsões e traçar estratégias que serão aplicadas ao longo do ano na sua empresa. Existe um ditado que diz: “aquele que falha em planejar está planejando falhar”. Isso não poderia se encaixar de forma mais perfeita nas empresas.

Se você não tiver um planejamento orçamentário capaz de prever todos os custos que existirão em um período, é muito provável que sua empresa tenha dificuldades financeiras em curto e médio prazo. Nesse sentido, a contabilidade de custos tem como foco auxiliar na mensuração dos gastos ocorridos e provisionar os futuros de acordo com as estimativas de vendas e demais fatores de mercado e os que estão relacionados à própria empresa.

Quais são os benefícios da contabilidade de custos?

Uma vez entendidos os principais objetivos da contabilidade de custos, passaremos a apresentar os benefícios mais marcantes que ela pode proporcionar. Confira!

Eficiência no controle de recursos

A maior eficiência em seus controles de recursos é um dos principais benefícios que podem ser conquistados com a contabilidade de custos. A empresa que tem um setor bem desenvolvido não sofre com perdas e desvios, ou, pelo menos, tem esse tipo de problema reduzido.

Como a contabilidade de custos trabalha no controle de estoque diretamente nos materiais utilizados na prestação de serviços, ela abrange todo o caminho que determinados itens fazem até chegar ao momento da prestação de serviços. Portanto, ao ter um maior controle nesses elementos, é comum que a sua empresa evite desvios e consiga identificar mais facilmente a origem das perdas.

Controle de estoque

Como mencionamos rapidamente no tópico anterior, a contabilidade de custos também tem atuação marcante no controle de estoque, demonstrando aos colaboradores que atuam nesse setor como funciona a reposição e a gestão de saídas de itens utilizados em um processo de prestação de serviços.

Essa atividade é feita por meio das técnicas de controle de estoque. Elas evitam perdas desnecessárias causadas pela deterioração, pelo vencimento e pela ação de agentes que colocam em risco determinados insumos, ferramentas, equipamentos e outros elementos.

Além de exercer um papel primordial no controle de estoques, a contabilidade de custos fornece informações para controlar a atividade da empresa. Da mesma forma que os itens e materiais são organizados para evitar perdas, os produtos também recebem o mesmo tratamento, evitando que eles sejam deteriorados ou perdidos.

Previsibilidade de gastos

A contabilidade de custos também auxilia a empresa a prever os gastos que serão necessários em determinado período. Com os dados de meses ou anos anteriores, é possível fazer um levantamento de quanto de recurso será necessário levantar ao longo de um período futuro para garantir que a empresa seja capaz de produzir ou prestar serviços com qualidade.

Isso não significa que o valor previsto será exatamente o montante de cursos para o ano ou mês seguinte. Entretanto, ele demonstra uma visão mais clara sobre como vão se comportar os seus gastos nos próximos períodos.

Previsão de lucratividade

Por fim, com uma contabilidade de custos bem estruturada, é possível ter previsão de lucratividade. Mesmo que esse ramo da ciência contábil não atue diretamente na apuração do seu lucro, é importante ter em mente que esses gastos oferecem impacto direto nele.

Empresas com altos custos não são lucrativas e correm riscos de terem problemas financeiros em curto prazo. Pensando nisso, contar com uma ferramenta capaz de controlar e demonstrar gastos que podem ser reduzidos causa impactos diretos na sua lucratividade.

Como fazer a contabilidade de custos?

Para finalizar este artigo, mostraremos algumas dicas simples de como a contabilidade de custos pode ser implementada dentro do seu negócio. Continue lendo!

Conheça as definições de custos

O primeiro passo é definir os tipos de custos que existem dentro de uma empresa. Nesse sentido, temos:

  • Custos diretos, que têm relação direta com os serviços prestados pela sua empresa;
  • Custos indiretos, necessários para que a empresa possa vender as suas soluções, tais como vendedores, fornecedores, entre outros;
  • Custos fixos, gastos que não variam de acordo com o volume de prestação de serviços;
  • Custos variáveis, que variam de acordo com a quantidade de vendas em um período.

Essa definição é muito importante para que você possa fazer o planejamento financeiro da sua empresa. Por exemplo, conhecer os custos variáveis auxilia o empresário a saber qual é o aumento de gastos que ocorrerá com o crescimento na demanda.

Faça o rateio de custos indiretos

O próximo passo é fazer o rateio dos custos indiretos. Em relação aos direitos, é muito simples identificar. Afinal, eles já estão ligados ao serviço que está sendo comercializado. Por outro lado, quando se tratam dos indiretos, é um pouco mais complexo.

Nesse sentido, você deve fazer o rateio desses gastos para cada solução colocada à disposição dos seus consumidores. O objetivo é saber quanto da energia elétrica de todo o estabelecimento foi dedicada ao serviço prestado, quantas horas de um funcionário foram dedicadas e assim por diante. Esse, sem dúvidas, é o principal desafio do empreendedor na hora de fazer o seu controle de custos. Entretanto, com a ajuda da tecnologia, é possível fazer esse tipo de rateio com mais facilidade.

Invista em uma ferramenta de registro

Não há como pensar em adotar a contabilidade de custos para o seu negócio sem um bom sistema de gestão. Ele será o responsável por receber os dados que entram e saem dentro da sua empresa. Dessa forma, é mais fácil fazer todo o trabalho de definição dos custos, rateio e outras atribuições.

Fazer todo esse controle a mão pode ser muito arriscado. Afinal, o trabalho ocupará um grande tempo do seu dia, portanto, outras áreas como a gestão financeira e o relacionamento com clientes e fornecedores podem ficar prejudicados. Por isso, é importante contar com uma ferramenta que auxilie nessa gestão.

Encontre o ponto de equilíbrio

Ao mensurar todos os seus custos, fazer os rateios e as demais definições, você terá em mãos informações suficientes para encontrar o ponto de equilíbrio. Essa é uma definição que demonstra a quantidade de vendas que deve ser feita para que todos os custos da sua empresa sejam pagos.

Logo, todo o faturamento gerado a partir desse ponto de equilíbrio é considerado como um lucro. A definição desse elemento é fundamental para definir o momento em que sua empresa passa a ser lucrativa.

Existem casos em que o ponto de equilíbrio não é alcançado. Diante disso, é preciso rever toda a gestão de custos da empresa e verificar os gargalos que estão drenando a sua capacidade de geração de resultados.

Desenvolva as técnicas de controle de estoque

Por fim, é muito importante que você desenvolva as técnicas de controle de estoque. Como esse ramo da contabilidade atua sobre esse setor da empresa, não há como deixá-lo de lado. Nesse sentido, você deve verificar os métodos mais aplicados ao seu negócio e mensurar o custo do seu estoque.

Esse elemento pode ter um impacto significativo na sua lucratividade. Além disso, em alguns casos, é possível gerar diferenças até na apuração de impostos.

Neste artigo, pudemos concluir que a contabilidade de custos é um segmento de importância ímpar no setor contábil. Com ela, é possível que sua empresa evite riscos de fazer corte de gastos que prejudiquem a qualidade de seus serviços, bem como a sua capacidade de executar as atividades do dia a dia.

Gostou das informações? Que tal aprender mais sobre outros assuntos relacionados a este? Então, confira esse post que preparamos para você. Nele, mostraremos as principais vantagens da contabilidade digital e como aplicá-la em seu negócio.

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Frase dinâmica vendedora de acordo com a caregoria para ter um melhor efeito!

Oferta especial

Até
70
%
off
Teste agora


Sistema de Controle Financeiro para seu Negócio

Veja também

Como realizar a contabilidade estratégica e tornar a empresa mais competitiva?

Para que os negócios sejam capazes de alcançar o sucesso em suas…

Leia Mais

Contabilidade online: o que é e como funciona?

A contabilidade online surgiu em meio a grandes mudanças no cenário contábil como…

Leia Mais

DRE na Contabilidade: o que é e como funciona?

Gerenciar um negócio exige uma boa organização na área de finanças. Pensando…

Leia Mais