2021-07-20 10:00:17 Cresça sua Empresa English Bilhões de boletos são gerados anualmente no Brasil. Impressos ou digitais, a ideia é facilitar a cobrança com maior segurança na... https://quickbooks.intuit.com/br/blog/br_qrc/uploads/2021/07/como-gerar-boleto.jpeg https://quickbooks.intuit.com/br/blog/expandindo-a-empresa/como-gerar-boleto-passo-a-passo/ Como gerar boleto na prática? Veja o passo a passo!

Como gerar boleto na prática? Veja o passo a passo!

5 min de leitura

Você sabe como gerar boleto? Os boletos são recursos de pagamento muito utilizados — bilhões deles são gerados todos os anos aqui no Brasil. Impressos ou digitais, a ideia é ter um documento que facilite a cobrança de um determinado valor entre quem deve receber a quantia e quem deve pagá-la.

Por isso, gerar um boleto bancário é uma tarefa que ajuda qualquer pessoa ou organização, e não apenas as grandes empresas como as companhias de água, energia elétrica ou telefonia. Quer aprender mais sobre o assunto e descobrir como fazer o seu próprio boleto? Acompanhe o post completo!

Por que os boletos bancários valem a pena?

Milhões de pagamentos são realizados diariamente e há diferentes formas de fazer isso, certo? Pagamos contas com dinheiro em espécie, cartão de crédito, transferência bancária e também quitamos boletos.

Para muitas pessoas, a emissão do documento é uma burocracia. Porém, a realidade é que os boletos podem valer a pena por uma série de motivos. Um deles é ajudar a garantir maior segurança na transação, já que um prazo é estipulado e o devedor pode ser penalizado se não fizer o pagamento (com a cobrança de multa, por exemplo).

Ou seja, o beneficiário consegue ter mais controle das suas transações e contar com um meio de cobrança impessoal, principalmente na tentativa de reduzir a inadimplência. As diferenças para os cartões também são atrativas, pois o pagamento é liberado mais rápido (em torno de 2 dias úteis) e as taxas são menores.

Vale lembrar ainda que nem todo mundo tem cartão de crédito ou conta corrente, sendo o boleto o jeito mais fácil de pagar uma “dívida”. Afinal, não podemos nos esquecer da flexibilidade de pagamento como uma das vantagens de emitir boletos bancários.

O que parece ser burocrático, na verdade, acaba facilitando e evitando muitas dores de cabeça. E gerar um boleto pode ser muito mais simples e prático do que você imagina!

Existem regras para a geração desse documento?

Sim, algumas normas devem ser cumpridas para a emissão de um boleto, mas qualquer pessoa física ou jurídica que tenha uma conta bancária aberta pode fazer isso.

O órgão que determina essas regras é a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), e a Lei do Boleto Bancário foi atualizada em 2017. Uma das principais determinações foi a extinção dos boletos sem registro, sendo obrigatório vincular o documento a uma instituição bancária.

O objetivo dessa medida foi tentar acabar com as fraudes, pois a falta de conhecimento dos bancos sobre cada boleto gerado aumentava o número de falsificações. Além do mais, não basta descrever um monte de informações em uma página para ter um boleto com validade. O código de barras também é parte fundamental da geração do documento, junto à sequência numérica que identifica o título de pagamento.

Quais são os campos a serem preenchidos?

Para conhecimento do Banco Central, é obrigatório que todo boleto apresente:

  • Dados da cobrança (valor, descrição do serviço/produto, data de vencimento, tarifas etc.);
  • Dados do emissor (nome e identificação pessoal ou jurídica);
  • Dados do pagador (nome e identificação pessoal ou jurídica).

Sem essas informações, não é possível considerar o documento válido. Portanto, é bom ficar de olho ao receber cobranças que não estejam completamente preenchidas — e o mesmo cuidado vale na hora de emitir um boleto.

Há diferença na geração de boleto de produtos e de serviços?

Não, produtos e serviços podem ser cobrados por meio de boletos. O que muda em cada caso são os detalhes da operação. Além do preço, as taxas de multas e juros são exemplos de informações que podem variar.

Como o boleto é gerado na prática?

Isso depende da escolha sobre a emissão do boleto. Como falamos acima, o principal requisito é ter relação com alguma instituição financeira. O que acontece é que muitas empresas fazem acordos com bancos específicos, mas não é obrigatório que essas instituições sejam as responsáveis por gerar o boleto.

A questão é que contar com uma solução tecnológica facilita muito essa tarefa, principalmente para pessoas físicas ou jurídicas que emitem um volume considerável de boletos com frequência. O processo automatizado consiste basicamente em:

  • Criar uma nova “fatura”;
  • Preencher todos os dados básicos;
  • Definir descontos, multas etc.;
  • Salvar o boleto registrado;
  • Confirmar a emissão e enviar ao destinatário.

Quais são as ferramentas e tecnologias a serem utilizadas?

Saber como gerar boleto não é um problema, a menos que você não tenha que fazer isso dezenas ou centenas de vezes. Por isso, a tecnologia oferece boas soluções para facilitar essa tarefa.

Apostar em uma plataforma de gestão financeira é o ideal. Assim, a rotina de emitir boletos parcelados ou à vista fica simplificada, mas outras atividades também podem ser otimizadas pelo sistema — como controle de fluxo de caixa e geração de nota fiscal eletrônica.

O trabalho manual é demorado, o que pode impactar a produtividade de uma empresa. As ferramentas tecnológicas são capazes de otimizar, reduzir o índice de erros e fornecer dados que podem ser acompanhados periodicamente para melhorar a gestão.

Como garantir a segurança do processo?

A segurança é sempre uma preocupação quando falamos de dinheiro e dados pessoais, concorda? Quem emite um boleto quer ficar tranquilo de que vai receber o valor devido, assim como o pagador deseja ter confiança de que o seu dinheiro vai para o destino certo.

Como os casos de fraudes são comuns, é realmente importante priorizar a segurança das transações para preservar todas as partes. Para fazer tudo isso sem ter problemas e custos adicionais, a melhor opção é usar o QuickBooks — uma ferramenta cheia de funcionalidades, com um preço acessível e reconhecida no mercado.

Com ela, é possível otimizar todo o seu controle financeiro e aumentar a precisão de seus resultados como autônomo, pequena ou média empresa. Se você não sabe como gerar boleto ou não quer ter muito trabalho com isso, conte com uma solução assim, que facilite sua vida. São mais de 7 milhões de clientes pelo mundo comprovando todos os dias a eficiência da plataforma.

E então, quer garantir uma melhor gestão financeira? Entre em contato conosco para conhecer melhor o QuickBooks, tirar suas dúvidas e experimentar a versão gratuita por 30 dias!

 

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Frase dinâmica vendedora de acordo com a caregoria para ter um melhor efeito!

Oferta especial

Até
70
%
off
Teste agora


Sistema de Controle Financeiro para seu Negócio

Veja também

Saiba como emitir boleto grátis e aumente o lucro da sua empresa

Cartões de crédito e débito, PIX, dinheiro: existem muitas formas de pagamento…

Leia Mais

Veja como oferecer a opção de boleto parcelado para os seus clientes

A opção de compra com boleto parcelado já é uma realidade em…

Leia Mais

Fluxo de caixa direto ou indireto? Entenda as diferenças entre cada um

Fluxo de caixa direto e indireto são dois métodos de elaboração desse…

Leia Mais