2017-05-31 15:41:29 Impostos English Saiba quais são os impostos, alíquotas e descontos envolvidos na emissão do Recibo de Pagamento Autônomo (RPA) para pagar profissionais... https://d2bnb9dvbpjkfy.cloudfront.net/wp-content/uploads/2017/05/09021011/calculo-de-rpa.jpg Aprenda a Calcular Impostos do RPA - Recibo de Pagamento Autônomo

Aprenda como calcular impostos para emitir o RPA

2 min de leitura

Contratou um profissional autônomo para prestar serviços para o seu negócio? Então é hora de calcular impostos para emitir o Recibo de Pagamento Autônomo. Também conhecido como RPA, o documento funciona como uma nota fiscal que formaliza o vínculo entre o freelancer e a empresa da qual está prestando serviços.

Confira ao longo desse conteúdo como fazer o cálculo de desconto, quais impostos considerar e quais guias devem ser preenchidas para o cálculo RPA.

Leia também: O que é RPA e como emitir o Recibo de Pagamento Autônomo

Como fazer o cálculo de descontos

Considerando que é através do RPA que o autônomo recolhe impostos como INSS, IRRF e ISS, para calcular RPA é preciso conhecer as alíquotas e descontos envolvidos. Os valores precisam ser abatidos do pagamento feito para o autônomo em seu Recibo de Pagamento Autônomo. Já o que foi declarado e recolhido deve ser apresentado para o Fisco.

Conheça os percentuais e valores que incidem sobre cada imposto.

Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS): para salários de até R$ 1.659,38 a alíquota mensal é de 8%. Já para os profissionais que ganham entre R$ 1.659,39 e R$ 2.765,66 o desconto é de 9%. E para os que recebem entre R$ 2.765,67 e R$ 5.331,31, o percentual é de 11%.
Fonte: edição da Portaria MR nº 8, de 13/01/2017, no eSocial.

Imposto Sobre a Renda Retida na Fonte (IRRF): para quem tem um rendimento de até R$ 1.903,98 a alíquota e dedução não são consideradas. Para os contribuintes que tem renda entre R$ 1.903,99 e R$ 2.826,65, a alíquota é 7,5% e a dedução R$ 142,80. Para as faixas salariais entre R$ 2.826,66 e R$ 3.751,05 a alíquota é 15% e a dedução R$ 354,80. Para aqueles que recebem entre R$ 3751,06 e R$ 4.664,68 a alíquota é 22,5% e a dedução R$ 636,13. E para os profissionais que tem rendimento acima de R$ 4.664,68, a alíquota é 27,5% e a dedução R$ 869,36.
Fonte: Secretaria da Receita Federal do Brasil, em 10/07/2015.

Imposto Sobre Serviços (ISS): tratando-se de um tributo municipal, o ISS deve ser recolhido conforme as definições de cada prefeitura. Se o contribuinte tiver cadastro junto à autoridade municipal, o Imposto Sobre Serviços é recolhido uma vez por ano. Já se não é cadastrado e o serviço é prestado, a alíquota máxima é de 5%.

Guias que precisam ser preenchidas

• INSS: na Guia da Previdência Social (GPS). O cálculo pode ser feito com ajuda do Cálculo de Contribuições de Empresa e Órgão Público.
• IRRF: no Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF). Para fazer o cálculo, use o aplicativo Sicalcweb da Receita Federal.
• ISS: consulte a prefeitura para saber sua incidência e recolhimento.

Por que é importante calcular os impostos corretamente?

Calcular corretamente os impostos que incidem sobre o RPA exige atenção. Afinal, qualquer descuido na hora do recolhimento pode trazer como consequência uma cobrança maior ou menor de tributos e contribuições. E, assim, problemas com autoridades tributárias e previdenciárias causando cobrança de juros, multas e até mesmo a inscrição como devedor.

Para facilitar o controle de impostos, conte com ferramentas de fluxo de caixa online como o QuickBooks ZeroPaper, uma solução gratuita e prática para separar tributos de outras despesas, manter as receitas e despesas sob controle, e manter a contabilidade do seu negócio em dia!

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Artigos Relacionados

ICMS não incide na base de cálculo do PIS e da COFINS

Você já deve ter ouvido falar que o Supremo Tribunal Federal (STF)…

Leia Mais

Você sabe calcular a margem de contribuição do seu negócio?

Calcular a margem de contribuição das suas vendas é um passo importante…

Leia Mais

Diferença entre margem de lucro: bruta, líquida e de contribuição

Um indicador importante para medir a rentabilidade da sua empresa, a margem…

Leia Mais