2021-03-19 10:55:43 Impostos English Contar com um profissional qualificado para fazer a declaração do Imposto de Renda torna o processo simples e seguro, especialmente para... https://quickbooks.intuit.com/br/blog/br_qrc/uploads/2021/03/imposto-de-renda-com-contador-1.jpg https://quickbooks.intuit.com/br/blog/impostos/imposto-de-renda-com-contador-2021/ Benefícios de fazer Imposto de Renda com contador %%sep%% %%sitename%%

Saiba os benefícios de fazer o Imposto de Renda com contador

6 min de leitura

Entre todas as transformações causadas pela internet, ganha destaque a sensação de que podemos fazer qualquer coisa sozinhos. Graças ao conteúdo disponibilizado em diferentes locais da web, seria possível aprender a fazer quase tudo. Na prática, porém, a realidade é outra. Existe a necessidade, por exemplo, de fazer a declaração do Imposto de Renda com um contador.

Esse tipo de procedimento não é tão simples quanto parece, principalmente se estivermos falando a respeito do IR da sua empresa. A inconsistência de dados enviados ao Fisco já pode ocasionar problemas para o contribuinte pessoa física e, para uma organização, o transtorno pode ser ainda maior.

No entanto, contar com um profissional qualificado para tratar dessa questão deixa o processo simples e seguro. Tem interesse em saber mais? Continue conosco na sequência e entenda por que a necessidade de um contador prevalece para qualquer empresa!

Por que se preocupar com a declaração do Imposto de Renda?

Existem algumas atividades que, dada a sua complexidade e quantidade de detalhes, devem ser executadas apenas por profissionais qualificados e experientes. Em relação à declaração de Imposto de Renda, todo cuidado é pouco. Veja os motivos a seguir.

Multas e juros decorrentes de atrasos

Em caso de eventuais atrasos na declaração do IRPJ, o Fisco ainda promove um prazo a mais para a regularização do procedimento. Só que aí é acrescida uma multa ao valor original, que varia conforme os dias de atraso. De acordo com a legislação, a referida taxa pode chegar a até 20% sobre o total apurado que houver sido declarado e estiver em aberto.

Comprometimento das contas a pagar

Fica fácil deduzir que o acúmulo de tributos pendentes compromete a manutenção de qualquer negócio. Afinal, todo empreendimento necessita de reinvestimentos, a fim de permanecer competitivo no mercado. Por isso, proteger-se contra um cenário de débito fiscal é vital para que o controle de contas a pagar permaneça em equilíbrio.

Processo por sonegação fiscal

Nesse ponto, é importante distinguir a inadimplência tributária da sonegação fiscal. A primeira é a mesma que mencionamos logo acima. Portanto, ela está ligada apenas aos débitos de tributos perante os órgãos públicos em questão, pertencentes às esferas municipal, estadual e federal.

Já o ato de sonegar tributos é classificado como delito fiscal, o que tende a acarretar punições que ultrapassam o âmbito financeiro. Vale a pena salientar que, por mais que a intenção da empresa não seja a de omitir os fatos geradores de determinado tributo, a interpretação do Fisco pode ser outra.

Aos olhos das entidades fiscalizadoras, o erro grosseiro cometido pela organização devido à falta de conhecimento técnico é visto como tentativa de ludibriar a lei vigente. Até que tudo seja esclarecido (se assim o for), a empresa ficará sob embaraço diante do Fisco.

Em tais circunstâncias, a organização pode ser intimada a pagar uma multa elevada. Quanto aos envolvidos no processo, eles ficam sujeitos a serem indiciados e condenados a até cinco anos de reclusão. Evidentemente, esse efeito é reservado apenas aos eventos graves.

Para manter distância de erros ao declarar o Imposto de Renda, você só precisa contar com o suporte de um contador experiente, que conheça o ramo da sua empresa. Por meio desse amparo, a saúde financeira e tributária do seu negócio estará em boas mãos.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda?

A declaração do IRPJ é, literalmente, uma obrigação imputada a qualquer CNPJ que esteja com status ativo na Receita Federal. Portanto, o procedimento é à parte daquele vinculado ao IRPF. Contudo, microempreendedores individuais (MEIs) e empresas do Simples Nacional utilizam um modelo simplificado de declaração.

Quais são os benefícios de fazer o Imposto de Renda com um contador?

Até aqui, os motivos para contratar um contador que cuide dos trâmites relacionados à declaração do seu IRPJ devem estar ligeiramente mais claros. Vamos descrevê-los abaixo para que não fique nenhuma dúvida sobre a relevância do profissional da área contábil.

Experiência profissional no nicho de mercado da empresa

Como já realizou a tarefa outras vezes, o contador otimiza o tempo do gestor do negócio. Dessa maneira, ele assegura que o processo será conduzido e finalizado com a máxima tranquilidade e precisão. Ao mesmo tempo, você pode se dedicar às tarefas atreladas ao core business do seu negócio – ou seja, àquelas que são rentáveis.

Serviços de consultoria

Outra vantagem indiscutível consiste na possibilidade de conversar com um perito em tributos, pronto para esclarecer diversas dúvidas. Todo bom gestor reconhece o momento de solicitar ajuda especializada. Também vale a pena mencionar a iniciativa de se inteirar a respeito de um dos aspectos mais relevantes do seu negócio.

Compreender os elementos centrais associados aos tributos ligados à atividade econômica da sua empresa é crucial para ter uma visão panorâmica dos gastos tributários dela. Desse modo, há uma noção mais nítida quanto à quantia necessária para sustentar o negócio e, por fim, lucrar com ele. Logo, a criação de um planejamento tributário efetivo passa a ser realidade.

Atualização da legislação tributária

As leis que regem as declarações de tributos são submetidas a alterações com relativa frequência. Às vezes, os fatores modificados são mínimos, mas podem provocar efeitos significativos para a sua empresa. Por isso, ao fazer o Imposto de Renda com um contador, você terá o entendimento necessário a respeito dessas mudanças.

Em outros casos, a inércia favorece a ocorrência de erros. Isso acontece nas circunstâncias de leis que permanecem iguais por algum tempo. Por não checar o tempo todo as possíveis mudanças devido ao ritmo de trabalho inerente ao negócio, você fica propenso a cometer falhas na declaração do IRPJ.

Esse é um problema com o qual você não precisa se preocupar caso tenha um contador de confiança, sempre ligado nas atualizações e preparado para declarar o Imposto de Renda da sua organização.

Conferência da documentação necessária

O não encaminhamento de todos os dados que comprovem a verdadeira situação fiscal da sua empresa causa distorções nas análises posteriores do Fisco. O resultado é uma declaração de IRPJ inadequada e propícia à solicitação de esclarecimentos por parte da Receita Federal.

Sobre o assunto, além da declaração anterior e do informe de rendimentos, lembre-se de que é preciso enviar os seguintes documentos ao contador todos os meses:

  • notas fiscais de compra;
  • nota de venda e de prestação de serviço;
  • extratos bancários;
  • mensalidades geradas por serviços de telefonia, internet, energia elétrica etc.;
  • quaisquer outros comprovantes vinculados à movimentação financeira do negócio.

Não faltam razões para fazer o Imposto de Renda com um contador. A soma dos processos comuns à declaração do IRPJ precisa de atenção redobrada e uma boa dose de experiência. Por isso, encontrar o profissional ideal para dar andamento aos trâmites necessários é a decisão dos melhores gestores do mercado.

Quer saber como fazer isso? Descubra agora mesmo como escolher o melhor contador para o seu negócio!

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Frase dinâmica vendedora de acordo com a caregoria para ter um melhor efeito!

Oferta especial

Até
70
%
off
Teste agora


Sistema de Controle Financeiro para seu Negócio

Veja também

Tabela INSS 2021 para autônomos: 4 pontos importantes que você deve considerar

Você sabia que existe uma tabela do Instituto Nacional do Seguro Social…

Leia Mais

Tudo que você precisa saber sobre DASN-SIMEI

Todo empresário tem obrigações fiscais principais (que são a apuração e o…

Leia Mais

Saiba como fazer o diagnóstico financeiro completo da sua empresa

Um bom diagnóstico financeiro é capaz de impulsionar o crescimento de um…

Leia Mais