2021-07-26 09:00:21 Inovação English ESG é a sigla para Environmental, Social and Governance (ou Ambiental, Social e Governança, em português). Saiba como esse conceito... https://quickbooks.intuit.com/br/blog/br_qrc/uploads/2021/07/esg.jpeg https://quickbooks.intuit.com/br/blog/inovacao/esg/ O que é ESG? Saiba tudo sobre esse conceito %%sep%% %%sitename%%

ESG: saiba o que é esse conceito e como ele tem mudado os investimentos

6 min de leitura

Seja para buscar investidores, seja para posicionar o seu negócio como referência em um mercado tão concorrido, acompanhar as tendências e novidades é um processo fundamental para fazer a empresa ser mais conhecida no segmento e crescer de maneira sustentável. Pensando nisso, você precisa entender o que é o conceito de ESG e como ele tem mudado os investimentos.

O que acha, então, de tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e entender como o ESG pode afetar a estabilidade financeira e a saúde da empresa? Continue a leitura deste artigo para conferir!

O que é ESG?

ESG é a sigla para Environmental, Social and Governance, que pode ser traduzida como Ambiental, Social e Governança. O termo foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e representa uma série de diretrizes e práticas que devem ser adotadas para lidar com questões envolvendo esses três pilares.

Após a reunião que criou o termo, o relatório do encontro indicava que as empresas investidoras nesses três tópicos causariam um impacto positivo no mercado e na sociedade em geral. O documento definiu objetivos claros a serem alcançados a partir dessas mudanças:

  • Construir mercados financeiros mais fortes e resilientes;
  • Contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade;
  • Entender e compreender os impactos nos stakeholders;
  • Melhorar a confiança do mercado nas instituições financeiras.

Quais são os pilares?

Como vimos, o conceito é dividido em três pilares. Conheça cada um deles:

Ambiental

Os critérios do fator ambiental representam as boas práticas em relação ao uso de recursos naturais, descarte de resíduos do processo produtivo e os impactos gerados para a sociedade, a fauna e a flora ao redor. O tópico fala sobre a emissão de gás carbônico na atmosfera e as consequências disso na mudança climática no planeta.

O conceito pode ser colocado em prática a partir do momento que se entende que toda empresa afeta e é afetada pelo meio ambiente. O relatório cita alguns exemplos de mudanças possíveis, como a redução de descarte de resíduos tóxicos ou a criação de novas regulamentações que reforcem o papel e as responsabilidades ambientais das companhias.

As diretrizes ESG fazem com que as empresas modifiquem seus processos internos e o modelo de negócios em geral. O trabalho começa com uma análise dentro do impacto ambiental gerado pela organização. Com essas respostas, é preciso criar soluções que reduzam tais consequências, como o uso de energia limpa ou a diminuição gradual da emissão de gases poluentes.

Social

O segundo tópico se refere aos critérios sociais e aborda mais especificamente as relações entre as organizações e as comunidades ao seu redor, mas não apenas pensando nos consumidores: parceiros e colaboradores também têm de ser considerados nessa avaliação. É um trabalho que começa com a relação de trabalho, respeitando os direitos trabalhistas e humanos, e vai até as práticas de inclusão e diversidade na empresa.

Uma organização pode, por exemplo, expandir sua área de atuação sem um estudo em conjunto com a população impactada por essa mudança. A instalação de uma fábrica, porém, pode resultar em problemas de saúde dos moradores, por exemplo. A empresa deve, portanto, encontrar formas de minimizar os danos, direta e indiretamente.

Para respeitar o Social em ESG, todas as regulamentações têm de ser seguidas à risca, e é papel da companhia estreitar as relações comunitárias. Mais do que mitigar a poluição causada, por exemplo, é preciso investir em outras questões, como a construção de mais áreas verdes na região, ciclovias ou, até mesmo, uma política de incentivo ao uso de transportes sustentáveis, como as bicicletas.

Governança

As mudanças da ESG também devem acontecer internamente, e é disso que trata o pilar de Governança. As diretrizes falam diretamente sobre o funcionamento interno da companhia em relação à gestão do negócio, de modo transparente e dentro da lei. A formação de um conselho para cuidar do tema é uma medida importante.

A conduta corporativa se refere, também, às ações contábeis e de transparência, como a divulgação de balanços financeiros não apenas para os investidores. Para isso, é indispensável um conselho diversificado, que priorize a ética e o combate à corrupção em todas as camadas do negócio. Um trabalho que interfere no capital de giro e em investimentos fixos.

Mas é fundamental que a organização tenha formas definidas de atender essas diretrizes e práticas. Criar mecanismos que contribuam para a redução e eliminação de ações como o suborno ou desvio de recursos precisa ser uma prioridade das companhias. Em termos gerais, é necessário reformular o funcionamento interno da administração do negócio, tornando-o mais transparente e sustentável.

Por que o ESG está em alta?

Quando se fala em sustentabilidade, é natural pensar apenas nas questões ambientais, mas o ESG é muito mais do que isso. O conceito trata, também, do impacto de uma gestão eficiente para um negócio. Todas essas práticas representam a capacidade de uma organização se desenvolver de maneira sustentável, para que tenha um crescimento duradouro.

Um exemplo disso está no estudo realizado pelo The Boston Consulting Group (BCG), que mostra que as empresas com um desempenho positivo nos critérios do ESG têm um aumento, em média, entre 3% e 19% no valor de mercado. O impacto do ESG também se reflete na lucratividade de uma empresa e na sua performance no curto, médio e longo prazos.

Como pode afetar as empresas?

O ESG afeta diretamente o desempenho das empresas — pelo menos, é o que mostra uma pesquisa da PwC. O levantamento indica que os fundos ESG podem ter a marca de mais de 2 trilhões de euros em ativos administrados até 2025. Trata-se de um indicador importante de como os critérios de ESG podem ser relevantes para uma empresa que os coloca em prática.

Números da bolsa de valores nos Estados Unidos também indicam uma maior valorização para as empresas que implementam os critérios de ESG em suas operações. Desde 2009, a valorização atinge a marca de 345%. Outro estudo reflete o impacto do conceito nas empresas: a RBC Capital Markets mostra que ações sustentáveis tiveram um crescimento 15% maior do que os fundos tradicionais.

Para quem deseja se manter atualizado para utilizar melhor seus recursos financeiros, é fundamental se familiarizar com o conceito de ESG. O cenário que se desenha no mercado é cada vez mais voltado para a sustentabilidade.

Agora que você já sabe o que é ESG e como esses princípios podem ser importantes para o seu negócio, o que acha de compartilhar este material nas suas redes sociais? Assim, mais pessoas saberão da relevância do assunto para o sucesso de qualquer empresa!

Siga o QuickBooks no Instagram para mais dicas!

 

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Frase dinâmica vendedora de acordo com a caregoria para ter um melhor efeito!

Oferta especial

Até
70
%
off
Teste agora


Sistema de Controle Financeiro para seu Negócio

Veja também

Dicas para escolher o melhor escritório de contabilidade

Encontrar um escritório de contabilidade não tem sido uma tarefa fácil. Afinal,…

Leia Mais

Como a adoção de um sistema de gestão financeira pode ser benéfica para a empresa?

Atualmente, muitos dos processos realizados dentro das empresas utilizam a tecnologia. Nesse…

Leia Mais

Entenda o que é IRRF e como fazer o cálculo desse imposto corretamente

Você sabe o que é IRRF? Esse é um tributo que gera…

Leia Mais