2021-05-23 11:50:29 Marketing English Neuromarketing é um campo de estudo que alia a neurociência ao marketing. Veja como utilizar 6 técnicas para atrair novos clientes para... https://quickbooks.intuit.com/br/blog/br_qrc/uploads/2021/05/neuromarketing.jpg https://quickbooks.intuit.com/br/blog/marketing/tecnicas-de-neuromarketing/ Neuromarketing: Técnicas para Atrais mais Clientes | Blog QuickBooks

6 melhores técnicas de neuromarketing para atrair mais clientes

5 min de leitura

Como o próprio nome sugere, o neuromarketing é um campo de estudo que alia a neurociência ao marketing. Isto é, estuda que reações acontecem no cérebro quando alguém é exposto a algum produto, marca ou campanha publicitária. Seu objetivo é entender o que influencia o consumidor a tomar uma decisão de compra.

Assim, o neuromarketing se mostra como uma ferramenta poderosa para atrair mais clientes, aumentar as vendas e conquistar um espaço maior no mercado. Outro ponto importante é que ele pode ser aplicado em qualquer negócio, seja qual for o seu porte ou segmento.

Isso significa que você também pode (e deve) aplicar o neuromarketing para impulsionar sua empresa. Confira, a seguir, as 6 técnicas mais eficazes.

1. Psicologia das cores

Um dos principais objetivos do marketing e da publicidade é persuadir o público-alvo. Para isso, é preciso saber mexer com as emoções das pessoas. Uma das maneiras de fazer isso é por meio da psicologia das cores. Trata-se do estudo que busca entender que efeitos cada cor gera nas pessoas.

Tais cores serão utilizadas na identidade visual da empresa, no logotipo, na criação de um produto, nos posts das redes sociais, nas embalagens do que será comercializado, entre outras aplicações.

Um bom exemplo que demonstra o quanto a psicologia das cores é eficaz é a utilização da cor vermelha. Esse tom é estimulante, vibrante e remete ao apetite. Por sua vez, o amarelo traz conforto e otimismo. Agora, pense nas redes de fast-food. Percebeu como as principais têm o vermelho e o amarelo na logo?

2. Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são estímulos que o nosso cérebro recebe e que influenciam diretamente nossas tomadas de decisões. Então, utilizá-los da maneira correta é uma técnica bastante eficiente do neuromarketing para alavancar os resultados do seu negócio. Isso porque sua ideia é transmitir uma informação objetiva ou subjetiva ao cliente para despertar o interesse no consumo do seu produto.

Os gatilhos podem estar em uma campanha publicitária, no slogan da sua marca, em conteúdos do marketing digital da empresa, na abordagem que os vendedores fazem com os clientes, entre tantas outras situações. A seguir, confira os principais e de que modo podem ser aplicados.

Escassez

O objetivo é fazer com que o cliente tenha um senso de urgência na sua jornada de compra e, assim, acelere sua decisão. Frases como “somente até tal data”, “oferta somente enquanto durarem os estoques” e “tenho apenas duas máquinas em estoque e três clientes estão interessados nela” funcionam muito bem.

Autoridade

As pessoas são predispostas a concordarem com figuras de autoridade. Quando uma empresa contrata ou faz parceria com um influencer digital, é exatamente esse gatilho que está sendo explorado. Outro bom exemplo é a criação de conteúdo em um blog da empresa ou a elaboração de e-books, pois isso demonstra domínio sobre o assunto.

Prova social

Em geral, tomamos muitas decisões baseadas no que os outros pensam. As tendências de moda são um belo exemplo disso. Então, mostrar quantas pessoas já compraram seu produto, quantas confiaram em sua marca e quais benefícios já tiveram é uma excelente forma de aplicar o neuromarketing em seu negócio.

Ainda há outros gatilhos, como o de reciprocidade, afinidade, segurança, novidade, antecipação, exclusividade, entre outros. Lembre-se de que quanto mais você utilizá-los, melhores serão os resultados.

3. Gamificação

Essa prática se refere a aplicar características de um jogo em alguma fase da jornada de compra. Com isso, aumenta o engajamento dos clientes e melhora a experiência deles. Além disso, cria um vínculo emocional, diversifica seu público e aumenta o alcance da sua marca. Há várias formas de implementar essa técnica:

  • Programa de fidelidade;
  • Quiz nas redes sociais;
  • Pontuação e rankings com premiações para os clientes que mais interagem;
  • Jogos interativos, no caso do varejo online, onde o cliente poderá trocar a pontuação por produtos ou descontos.

4. Ancoragem de preços

Nosso cérebro tem bastante dificuldade para compreender um preço isolado de um produto. O ideal é comparar com o preço dos produtos concorrentes e então observar se a oferta está cara ou barata.

Caso o seu produto esteja com um preço maior, uma boa dica é vender valor. Isto é, fazer o cliente perceber que compensa pagar mais caro pelo seu produto, visto que ele oferece benefícios que a concorrência não consegue suprir.

Outra forma de aplicar a ancoragem é o famoso “leve 3 e pague 2”. Mesmo que o cliente não necessite de 3 itens, ele considera uma boa oferta, pois se comprasse os 3 separados, pagaria mais.

5. Storytelling

O comportamento do consumidor mudou. Atualmente, ele não se sente impactado por comerciais ou publicidades com foco no produto. Para o cliente moderno, o recomendado é buscar uma abordagem subjetiva e com narrativas que estimulem o lado emocional.

Assim, cria-se um laço emocional com a campanha e, consequentemente, com a sua marca, permitindo que a mensagem final seja compreendida de forma natural

6. Design atrativo

O design é capaz de unir diversas técnicas no neuromarketing. Afinal, ele transmite ao consumidor a visão da sua empresa e, ainda, é muito eficaz para atrair e persuadir o seu público. Para isso, ele deve estar presente no layout do espaço físico, nas embalagens, nos produtos oferecidos, bem como em todos os elementos dos canais online e offline.

Não há uma receita pronta para todos os tipos de negócios. Sendo assim, a solução é realizar testes, monitorar os resultados e adaptar as ideias sempre que necessário. Essa é a melhor forma de entender as expectativas dos seus clientes e, assim, traçar estratégias para supri-las da melhor forma.

Todas essas técnicas de neuromarketing são extremamente importantes para influenciar o público consumidor e impulsionar suas vendas. Elas são ferramentas fundamentais para o posicionamento da sua marca e para que sua empresa conquiste espaço de destaque no mercado. Então, não deixe de aplicá-las o quanto antes em seu negócio e veja seus resultados melhorem significativamente.

O que achou das estratégias de neuromarketing? Compartilhe este post nas redes sociais e ajude outras pessoas a também entenderem como utilizá-las!

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.

Frase dinâmica vendedora de acordo com a caregoria para ter um melhor efeito!

Oferta especial

Até
70
%
off
Teste agora


Sistema de Controle Financeiro para seu Negócio

Veja também

Tudo o que você quer saber sobre marketing digital para contabilidade

Além de ser uma escolha estratégica, apostar em marketing digital para contabilidade…

Leia Mais

Contabilidade de custos: veja o que é e descubra sua importância

A ciência contábil tem diversas ramificações. Elas existem para auxiliar o próprio…

Leia Mais

Dia do Profissional da Contabilidade: saiba mais sobre a evolução da profissão

Em 25 de abril é comemorado o Dia do Profissional da Contabilidade,…

Leia Mais