Image Alt Text
planejamento financeiro

O que é margem de lucro e como calcular

Você tem dúvidas sobre como fazer o cálculo da margem de lucro da sua empresa? 

Quando se é um empreendedor, é preciso acompanhar muitos processos e indicadores para se ter certeza de que seu negócio está no caminho certo. Um desses indicadores é a margem de lucro, uma maneira prática de acompanhar a rentabilidade da empresa e saber se é necessário adotar novas estratégias de negócio, aprimorar as que já existem ou mantê-las como estão.

Porém, o cálculo da margem de lucro é algo que ainda desperta muitas questões nos empreendedores, o que faz com que muitos acabem traçando estratégias ineficazes e tomando decisões ruins para a gestão da empresa.

Nós do QuickBooks não queremos que você seja uma dessas pessoas. Por isso, preparamos esse artigo para tirar suas principais dúvidas sobre o cálculo da margem de lucro ideal para sua empresa. Leia agora!

O que é margem de lucro?

A primeira coisa que você precisa saber sobre a margem de lucro é que ela não é a mesma coisa que o lucro. É muito comum fazer essa confusão, mas essas são duas coisas totalmente diferentes, apesar de estarem relacionadas. 

Enquanto o lucro é o resultado positivo da venda de um produto ou de uma prestação de serviços, ou seja, a diferença entre o faturamento total e os custos de execução, a margem de lucro é o percentual obtido da divisão entre o lucro bruto e a receita total da empresa — a porcentagem de lucro das suas vendas. 

Ou seja, a margem de lucro depende do lucro para ser calculada. Mas, é importante que você saiba que existem dois tipos de margem de lucro: a margem de lucro bruta e a margem de lucro líquida.

A margem de lucro bruta utiliza o lucro bruto da empresa para o cálculo. Por isso, sua fórmula é a seguinte:

Margem de Lucro Bruto = Lucro Bruto/Receita Total x 100

Já a margem de lucro líquida segue a mesma fórmula, só que considera o lucro líquido da empresa — que é o lucro após a dedução dos custos e despesas como impostos e aluguel — para a conta. Ela também é conhecida como lucratividade da empresa, já que apresenta um resultado mais realista por envolver a subtração de despesas fixas e variáveis da empresa.

Margem de Lucro Líquida = Lucro Líquido/Receita Total x 100

Precificação x Margem de Lucro

Confundir a precificação de produtos e serviços com a margem de lucro também é comum, então não se preocupe se você já fez isso.

Isso acontece porque, no final, ambos se relacionam à receita. Mas é preciso se atentar já que, enquanto a margem de lucro mostra a porcentagem de lucro final de uma empresa — seja ele bruto ou líquido —, a precificação deve estar em uma etapa anterior à essa: a etapa da venda ou da contração.

Precificar algum serviço ou produto significa atribuir um preço a ser cobrado do cliente. Apesar de parecer algo simples, existem coisas a se considerar na hora de precificar algo, evitando que a empresa tenha prejuízos.

Existem diversas maneiras de definir o preço de um serviço ou de um produto, apesar da mais comum ser precificar a partir do valor de custo, ou seja, utilizar o valor gasto na mão de obra do serviço ou nos materiais utilizados para a produção e adicionar uma porcentagem de lucro que você quer ter a partir disso.

Para te ajudar nessa decisão, o QuickBooks elaborou uma planilha de precificação gratuita que pode ser baixada aqui. Com ela, você poderá definir o preço dos seus serviços, se baseando nos seus custos, nos impostos a serem pagos e na porcentagem de lucro definida por você.

Calculando a margem de lucro

Vamos a um exemplo. Digamos que uma empresa de serviços de limpeza faturou R$15.000 em um mês e teve R$5.000 de despesas.

Receita Total: R$15.000,00

Custos: R$R$5.000,00

Para se calcular o lucro bruto da empresa, é necessário seguir a seguinte fórmula:

Lucro Bruto = Receita Total – Custos

Então, nesse caso, faremos o seguinte cálculo:

Lucro Bruto = R$15.000,00 – R$5.000,00 

Lucro Bruto = R$10.000,00

Portanto, o lucro bruto da empresa nesse mês foi de R$10.000,00. Com esse resultado, é possível calcular a margem de lucro bruto.

Margem de lucro bruto = R$10.000,00/R$15.000,00 x 100

Margem de lucro bruto = 0,66 x 100

Margem de lucro bruto = 66%

Desta maneira, a margem de lucro bruto da empresa foi de 66%. 

Caso você queira calcular a margem de lucro líquida, é só calcular o lucro líquido antes, utilizando a seguinte fórmula:

Lucro Líquido = Receita Total – Despesas Variáveis – Despesas Fixas 


A importância de calcular a margem de lucro corretamente

Como dissemos antes, a margem de lucro é um indicador importante para acompanhar a rentabilidade de um negócio. Isso acontece porque, fazendo esse cálculo, você pode saber o quanto realmente sobra dos faturamento da sua empresa. 

Por isso, atente-se: a margem de lucro ideal para sua empresa depende da sua área de negócios.

Enquanto é preferível que empresas prestadoras de serviço devem ter uma margem de lucro de 20% a 30%, o comércio deve ter uma margem de lucro entre 15% e 20%. Já em indústrias, a margem de lucro ideal é de 8% a 12%. 

Mesmo assim, não se desespere se, quando fizer o cálculo, perceber que a margem de lucro da sua empresa está abaixo dessas porcentagens. O importante é você ter noção da sua margem de lucro atual para, além de trabalhar para mantê-la ou aumentá-la gradualmente através de novas estratégias de negócio, ter uma visão completa de todos os custos e despesas que mantém a empresa funcionando, algo impossível quando apenas o faturamento é considerado na hora de fazer a análise da saúde financeira de qualquer empreendimento. 

O cálculo também é fundamental para evitar prejuízos e problemas que levem à empresa à falência. Ou seja, se você ainda não calcula a margem de lucro do seu negócio, comece a fazer isso agora!

Procurando uma maneira de automatizar seus relatórios financeiros, gerar boletos de graça e emitir notas fiscais com um só clique onde quer que você esteja? Conheça nosso sistema de gestão financeira online agora mesmo!

Faça um teste grátis e saiba todas as vantagens que o QuickBooks tem para te oferecer!


Artigos Relacionados