cancelar
Mostrando resultados para 
Pesquisar então 
Você quer dizer: 
Comunicados

Precisa de ajuda para começar? Participe de um treinamento on-line para novos usuários e aprenda a dar os primeiros passos no QuickBooks Online.

Highlighted
Intuit

Aprenda termos comuns de contabilidade

Não é necessário ter um diploma de contabilidade para fazer a escrituração no QuickBooks. Porém, é bom saber o básico. Use este glossário para aprender mais sobre o que acontece nos bastidores do QuickBooks.

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

A

Regime de reconhecimento por competência

Se você usar o regime de reconhecimento por competência, o negócio reportará receita e despesas para transações concluídas e pendentes. Isso significa que você também reportará transações em contas a pagar (C/P) e contas a receber (C/R).

Se você usar o regime de reconhecimento por competência no QuickBooks, as transações concluídas e pendentes serão exibidas nos relatórios financeiros. Você vê transações de cliente, mesmo que ainda não tenha recebido, e contas que ainda não pagou.

O regime de reconhecimento por competência oferece uma visão completa das suas finanças, pois você monitora transações atuais e futuras. Porém, fique atento ao que realmente tem no banco. Como você também contabiliza as transações não pagas como receita, pode parecer que você tem mais dinheiro do que realmente tem.

Exemplo: seu negócio usa o regime de reconhecimento por competência. Você recebeu um pagamento de fatura de $ 100, mas não o depositou. Você também tem uma fatura não paga de $ 100. Se você gerar um relatório Resultado do exercício, verá as duas transações.

Dica: quando você inicia seu negócio, escolha um regime contábil e continue com ele. Você pode alterar o regime, mas isso exigirá ajuda do contador.

(Veja também o regime de caixa)

Contas a receber (C/R)

Contas a receber é uma conta que monitora o dinheiro devido ao seu negócio. Normalmente, isso significa faturas de clientes não pagas. Pode ser escrito como C/R. O QuickBooks monitora as faturas não pagas na conta Contas a receber.

Exemplo: você enviou dez faturas na última semana. Você ainda não recebeu, então elas são parte das contas a receber.

Contas a pagar (C/P)

Contas a pagar é uma conta que monitora dinheiro que seu negócio deve a outros. Normalmente, são contas dos fornecedores que ainda devem ser pagas. Pode ser escrito como C/P. O QuickBooks monitora as contas não pagas na conta Contas a pagar.

Exemplo: você comprou 50 kg de café de diferentes fornecedores na última semana. Agora, você tem várias contas não pagas na sua mesa. Essas contas são parte das contas a pagar.

Ativos

Ativos são itens que você deve e usa para gerenciar seu negócio. Normalmente, você mantém o valor deles por um ano ou mais. Existem alguns tipos de ativos:

  • Ativos imobilizados: são itens físicos que você tem e usa somente para criar ou oferecer produtos e serviços. Ativos imobilizados têm uma "vida útil" de um ano ou mais. Diferente de outros tipos de ativos, os ativos imobilizados podem ser depreciados. Propriedade e equipamentos são exemplos de ativos imobilizados. Embora possam não ser relacionados diretamente às operações, móveis de escritório são um ativo imobilizado. Produtos que você vende não são ativos imobilizados. Aluguel não é um ativo porque você não é dono da propriedade. Na verdade, é um passivo.

  • Ativos circulantes: são ativos físicos que você tem e espera vender ou usar em até um ano. Isso inclui itens como estoque, caixa pequena, pré-pagamentos para despesas e depósitos de segurança.

  • Ativos não circulantes: são ativos de longo prazo para gerar valor por mais de um ano.

Exemplo: você comprou um caminhão de entrega de pizza para sua pizzaria. O caminhão é um ativo imobilizado. Você também comprou uma máquina de fabricação de massa. Ela é um ativo imobilizado.

(Veja também passivos)

B

Balanço patrimonial

O balanço patrimonial é um resumo do seu negócio em um determinado momento. Ele exibe o que você tem (ativos), o que você deve (passivos) e o que você investiu no seu negócio (capital). Isso inclui vendas, despesas e itens como móveis de escritório e empréstimos.

Diferentemente do balancete, o balanço patrimonial agrupa as contas por tipo: ativos, passivos e capital. Ele também resume os saldos da conta como totais em dinheiro.

É o relatório mais usado por contadores para medir a integridade de um negócio. Eles analisam o valor do que o negócio tem e no que investiu e o subtraem do valor que ele deve. Isso indica o valor real de um negócio.

Exemplo: se você desejar solicitar um empréstimo, necessitará de um balanço patrimonial. Esse é um dos muitos relatórios que ajudam o banco a decidir se você é elegível.

C

Fluxo de caixa

Fluxo de caixa é o movimento de dinheiro entrando e saindo do seu negócio. O dinheiro que entra é receita, e o ganho ou perda cambial é uma despesa.

O ideal é ter um fluxo de caixa positivo. Isso significa que você está recebendo mais dinheiro do que gasta. No entanto, é normal que novos negócios passem por períodos de fluxo de caixa negativo, especialmente quando estão crescendo.

Exemplo: você tem uma loja de tortas. A receita das vendas de tortas é parte do dinheiro que entra. O custo dos ingredientes das tortas é parte do dinheiro que sai.

Dinheiro em caixa/caixa pequena

Dinheiro em caixa é o dinheiro que você mantém para uso geral. Ele serve para fazer pequenas e imediatas compras para o negócio. Também é comumente chamado de caixa pequena. Por exemplo, em vez de emitir um cheque de $ 1,50, você pode usar o dinheiro em caixa. Pense nele como um fundo para emergências.

No QuickBooks, você categoriza caixa pequena separadamente das receita de vendas. Designe uma pessoa na sua equipe para monitorar a caixa pequena.

Exemplo: o dinheiro que você mantém no cofre para comprar mais papel de impressão quando necessário é caixa pequena.

Regime de caixa

Se você usar o regime de caixa, o negócio reportará apenas a receita e as despesas para transações concluídas. Você não reporta transações pendentes nas suas contas a pagar (C/P) ou contas a receber (C/R).

Se você usar o regime de caixa no QuickBooks, somente transações concluídas serão exibidas nos relatórios financeiros. Você só verá as transações depois de os clientes pagarem a você e você pagar suas contas.

Algumas pessoas preferem o regime de caixa porque é simples. Ele monitora o dinheiro apenas quando entra ou sai do seu negócio. Porém, pode ser mais difícil de fazer planos a longo prazo, por que a receita e as despesas futuras não são contabilizadas.

Exemplo: seu negócio usa o regime de caixa. Você depositou um pagamento de fatura de $ 100. Você também tem uma fatura não paga de $ 100. Se você gerar um relatório Resultado do exercício, verá apenas os $ 100 depositados, e não o pagamento pendente.

(Veja também o regime de reconhecimento por competência)

Dica: quando você inicia seu negócio, escolha um regime contábil e continue com ele. Você pode alterar os regimes contábeis, mas isso exigirá ajuda do contador.

Custo do trabalho vendido

O custo do trabalho vendido monitora o pagamento dos funcionários que trabalham em produtos ou fornecimento. Também é chamado de CMV, custo de mercadorias vendidas. É uma despesa para seu negócio.

Ele inclui todos os custos empregatícios, como alimentação e transporte.

[Receita de vendas][CMV] = o valor real que você recebe por item

Exemplo: se um copo que você vende por $ 5 tem um custo de fabricação de $ 2, o custo das mercadorias vendidas é de $ 2.

D

Depreciação

A depreciação é a perda do valor de ativo em relação ao preço de compra original. Todos os seus ativos físicos (carros, computadores, equipamentos, máquinas etc) perdem valor ao longo do tempo. A perda é a depreciação.

Os ativos depreciam devido ao desgaste normal, ao valor atual de negociação, aos pagamentos iniciais, às taxas pendentes etc. Como há muitos fatores, a depreciação pode ser difícil de ser calculada. Fale com seu contador sobre a melhor forma de monitorá-la.

Exemplo: você deseja vender seu violão. Você o comprou há 5 anos para tocar na cidade. Ele está bem usado e necessita de reparos. Se o vender por menos do que o preço original, a perda do valor é a depreciação.

(Veja também ativos)

I

Receita (também conhecido como rendimentos)

A receita é o dinheiro que você recebe da venda de produtos e serviços. No QuickBooks, você usa contas de receitas para monitorar a receita. Use várias contas de receitas separadas para monitorar diferentes fluxos de receita.

Dica: use conta Outras receitas ou Outros lucros para monitorar o que você recebe fora das suas operações de negócios normais. Juros são um exemplo de outra receita (outros lucros).

L

Passivos

Um passivo é o dinheiro que você deve a outras pessoas. É basicamente suas dívidas. Isso inclui aluguel, contas pendentes, débito de cartão de crédito, impostos devidos e dívida de empréstimos. Isso também inclui coisas que você paga frequentemente, como retenções de funcionários.

No QuickBooks, há dois tipos de passivos:

    • Outros passivos circulantes: são dívidas de curto prazo que vencerão nos próximos 12 meses.

    • Passivos não circulantes: eles incluem férias adquiridas a pagar, empréstimos bancários, empréstimos a longo prazo e notas de acionistas a pagar.

    Exemplo: digamos que você faça um empréstimo de $ 2.000 para pagar por uma câmera. Você usará essa câmera somente para trabalho. Esse empréstimo é um passivo. A câmera, por outro lado, é um ativo do seu negócio.

    (Veja também ativos)


    O

    Patrimônio líquido do proprietário

    O capital do proprietário é o dinheiro ou os ativos pessoais que um proprietário investiu diretamente no seu negócio. Quando um proprietário tira dinheiro do negócio, isso é conhecido como pró-labore.

    Há muitas maneiras de contabilizar o capital do proprietário. Depende principalmente de como você configura seu negócio (por exemplo, empresário individual, responsabilidade limitada de um único acionista, comandita simples ou sociedade limitada).

    T

    Balancete

    O balancete é um relatório usado por contadores para garantir que as contas estejam equilibradas ao final do ano fiscal. Ele lista todas as contas em um plano de contas, bem como os totais delas em débitos ou créditos. Isso permite que os contadores comparem tudo lado a lado e detectem erros rapidamente. Quando os créditos de uma conta não correspondem aos débitos de uma conta relacionada, eles sabem que há algum problema.

    Diferentemente do balanço patrimonial, o balancete não agrupa as contas por tipo, mas exibe os totais em débitos e créditos.

    (Veja também balanço patrimonial)

Isso foi útil?

É necessário fazer login para votar, responder ou publicar