2017-09-22 18:07:21 Empreendedorismo English Tem vontade de trabalhar como autônomo? Confira as seis principais vantagens de ser o seu próprio chefe e saiba como formalizar sua... https://quickbooks.intuit.com/br/blog/br_qrc/uploads/2017/08/vantagens-de-virar-um-profissional-autonomo.jpg https://quickbooks.intuit.com/br/blog/empreendedorismo/vantagens-ser-profissional-autonomo/ 6 vantagens de trabalhar como profissional autônomo

6 vantagens de trabalhar como um profissional autônomo

7 min de leitura

Se você não sabe muito bem o que é autônomo e tem interesse em descobrir as possibilidades desse tipo de carreira, chegou ao lugar certo! Preparamos este conteúdo para explicar como funciona esse modelo de trabalho que tem conquistado cada vez mais pessoas.

Então, se você tem vontade de trabalhar como profissional autônomo e ser o seu próprio chefe, confira agora as principais vantagens de apostar nessa ideia e nossas dicas para ter sucesso na sua jornada. Aproveite!

O que é ser autônomo?

O profissional autônomo é aquele que trabalha por conta própria e não tem vínculo empregatício com nenhuma empresa. Isso quer dizer que ele não precisa seguir regras de uma organização específica ou as definidas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) — que é o conjunto brasileiro de normas para as relações trabalhistas.

Na prática, o trabalhador autônomo não tem um emprego formal e pode decidir sobre questões como o seu horário e local de trabalho. Não importa se prefere virar a madrugada trabalhando e dormir até tarde, desde que isso seja bom para ele. Da mesma forma, pode escolher trabalhar cada semana de um lugar diferente e até variar as funções desempenhadas.

Afinal, a autonomia é a capacidade de autodeterminação. Essa liberdade só não pode ser acompanhada da falta de comprometimento, já que o autônomo deve ser um profissional responsável e também precisa das demandas de trabalho para garantir sua fonte de renda. Então, o que vale como regra são as suas preferências e o acordo com o contratante.

Quais as formas de trabalho autônomo?

Todo tipo de trabalho pode ser feito de maneira autônoma. Um médico não precisa ser contratado de um hospital, decidindo abrir seu próprio consultório e trabalhar apenas nos dias que desejar. Um professor também pode dar aulas particulares em casa, em vez de buscar emprego em uma instituição de ensino.

As possibilidades são muitas, incluindo profissões regulamentadas e não regulamentadas. É comum que os trabalhadores autônomos tenham que “oficializar” a profissão em algum momento — principalmente considerando as questões financeiras e pagamento de tributos.

Por isso, a dúvida entre ser autônomo ou abrir uma empresa costuma ser natural, ainda mais quando a prestação de serviços envolve a emissão de notas fiscais como pessoa jurídica. Porém, essa não é uma condição obrigatória e vai depender das decisões ou necessidades de cada profissional.

Como está o mercado para esse tipo de trabalho?

A autonomia já era uma característica buscada no mercado de trabalho, mas a pandemia acelerou esse processo. Com o distanciamento social, as tecnologias passaram a ser muito mais utilizadas para facilitar as atividades em todos os tipos de profissão.

As demissões também foram uma realidade difícil de enfrentar, fazendo com que cada profissional buscasse maneiras de se reinventar para não ficar desempregado. Então, aproveitar suas habilidades para prestar serviços sem vínculo empregatício foi uma saída para milhares de pessoas, sem contar as que já trabalhavam nesse modelo.

Tudo isso só confirmou com o trabalho autônomo pode funcionar bem e que as vantagens são atrativas. A tendência é que a oferta e a demanda cresçam cada vez mais, especialmente nas áreas que podem ser totalmente realizadas a distância.

Quais as vantagens de ser autônomo?

Entre os benefícios de ser autônomo, destacamos a princípio, a autonomia, flexibilidade e liberdade. Abaixo, exemplificamos um pouco sobre cada uma dessas vantagens:

É uma chance de trabalhar com o que você realmente ama

Não é raro encontrar quem descobre a verdadeira paixão profissional depois de anos trabalhando em uma área completamente diferente. Mas, quando você decide ser um profissional autônomo, pode começar a fazer o que realmente gosta e sentir-se realizado de verdade.

Como autônomo, você não tem chefe

Mas, apesar disso, tem clientes. A cobrança do chefe é bem diferente dos desejos dos seus clientes, que, geralmente, estão sincronizados com os seus — e a chance de satisfação para os dois lados é bem grande ou, até mesmo, maior.

É possível fazer horários alternativos

Dependendo do ramo em que você atua, é possível escolher os horários para trabalhar. Você pode aproveitar os momentos mais produtivos do dia e fazer sua grade de acordo com as suas necessidades.

Profissionais autônomos podem se formalizar sem complicações

Com a opção de se formalizar como microempreendedor individual, o MEI, no Portal do Empreendedor, você paga só uma taxa de aproximadamente R$ 50 reais por mês e conta com as vantagens de ter um cadastro nacional de pessoa jurídica — o CNPJ.

O sucesso só depende de você

Isso mesmo: você não depende do trabalho de outras pessoas para ter sucesso, o que significa uma grande oportunidade de usar todo o seu potencial para aprimorar o próprio desempenho e ter excelentes resultados.

Inclusive, como cada um define sua rotina e trabalha em busca do seu sucesso, esse é um modelo flexível, que permite variar o número de clientes e fazer um bom dinheiro. Muitos profissionais autônomos conseguem salários bem maiores do que os praticados pelas empresas para suas funções.

É o profissional autônomo quem faz seu próprio controle financeiro

Nada melhor do que cuidar do que é nosso, certo? Com ajuda de um bom gerenciador financeiro, você mesmo faz a gestão do seu dinheiro. A ferramenta de fluxo de caixa do QuickBooks, por exemplo, permite que você monitore todas as suas despesas e receitas de uma forma simples, fácil, segura e gratuita. Tudo em um único lugar, sem a necessidade de elaborar e atualizar planilhas avulsas.

Quais são as áreas de atuação mais comuns?

Como falamos, diversos tipos de trabalhos podem ser realizados com autonomia, pois isso depende das escolhas que cada profissional faz para a sua carreira. Ainda assim, é mais comum encontrar um designer autônomo do que um médico. Algumas profissões têm muitos trabalhadores que seguem essa proposta, como:

  • Babá;
  • Cozinheiro;
  • Professor particular;
  • Tradutor;
  • Redator;
  • Fotógrafo;
  • Vendedor digital;
  • Programador;
  • Advogado;
  • Manicure;
  • Consultor;
  • Pedreiro/pintor/marceneiro.

O que você não vai encontrar é um autônomo em uma profissão que necessariamente envolve o vínculo com uma instituição. É o caso dos concursados públicos, como juízes e promotores.

Que dicas ajudam o profissional autônomo a ter sucesso?

Se você gostou da ideia de ser autônomo ou já está vivendo essa experiência, saiba que trabalhar por conta própria exige muita dedicação. A concorrência é crescente, e, para ter sucesso, é preciso se destacar no mercado. Quer algumas dicas? Veja o que pode ajudar!

Preze pela disciplina e organização

A falta desses dois aspectos representa um grande risco para a carreira do autônomo. A ausência de um chefe para cobrar pelo desempenho faz com que cada um tenha que se encarregar disso, administrando seu tempo e todas as tarefas programadas.

Ter um planejamento pessoal com metas é uma boa dica para ser produtivo. Além da autogestão para cumprir todos os compromissos, a parte financeira também não pode ser esquecida. Por exemplo, pensar no futuro e pesquisar sobre aposentadoria para autônomos é um ponto relevante.

Busque aprender todos os dias

Muitas vezes, as empresas oferecem capacitações para seus funcionários, e o próprio cotidiano de trabalho garante vários aprendizados na troca com outras pessoas. Os autônomos tendem a ter uma rotina mais solitária, e isso demanda proatividade para não parar de estudar e continuar se atualizando sobre o mercado de atuação.

Divulgue seu trabalho

Todo autônomo precisa se enxergar como um negócio e saber vender o seu serviço. O marketing pessoal é fundamental para atrair clientes e conseguir crescer, porque não adianta ser bom em alguma coisa e não ter para quem trabalhar, certo? Assim, sua rede de contatos deve estar ativa, para não perder boas oportunidades! Como vivemos na era digital, nada melhor do que aproveitar a internet para fazer essa divulgação. As redes sociais são exemplos de ferramentas práticas e gratuitas para implementar suas estratégias de comunicação.

Enfim, agora você já sabe o que é autônomo e que, para ter sucesso nesse modelo de trabalho, é preciso focar o seu potencial, além de contar com ferramentas que facilitem a rotina.

Se você tem interesse em saber mais sobre como organizar a sua vida de trabalhador autônomo, aproveite que está aqui para conferir nosso post com boas dicas de controle financeiro para a sua rotina. Assim, você se assegura de que não vai se perder nessa jornada!

 

As informações podem estar resumidas e, portanto, incompletas. Este documento / informação não constitui, e não deve ser considerado um substituto para aconselhamento jurídico ou financeiro. Cada situação financeira é diferente e as informações oferecidas são gerais. Entre em contato com seus consultores financeiros ou legais para obter informações específicas sobre sua situação.


Sistema de Controle Financeiro para seu Negócio

Veja também

4 dicas de controle financeiro para autônomos

Manter um controle financeiro é essencial não somente para a rotina de…

Leia Mais

Autônomo: 5 dicas para fazer o controle financeiro do seu negócio

Os riscos de atuar como profissional autônomo são de sua total responsabilidade,…

Leia Mais

7 coisas que todo profissional autônomo deve saber sobre finanças

Saber administrar as finanças é essencial para qualquer profissional. Ainda mais no…

Leia Mais