Capital de giro

O recurso que toda empresa precisa para dar continuidade ao negócio.

Entenda o que é, como funciona, sua importância, os tipos, como calcular, relações e diferenças.

Image Alt Text

O que é capital de giro?

Capital de giro (CG) é todo recurso que uma empresa precisa ter para que seu negócio não seja interrompido caso ocorram dificuldades financeiras. Ele é a margem de receita positiva que o empreendedor precisa ter para que o negócio "gire", e por isso, o nome "capital de giro". Por exemplo, se uma fábrica de camisas não tem dinheiro, as camisas não podem ser produzidas e, assim, a empresa fechará.

Como funciona o capital de giro?

Ainda no exemplo das camisas, vamos supor que um empreendedor do ramo precise investir R$ 20.000 na compra de matéria-prima para começar a fabricação de seu produto. Isso significa que o negócio só passa a existir a partir desse primeiro investimento.

Para transformar a matéria-prima em camisas, o dono da empresa precisará dispor de mais R$ 30.000, ou seja, de capital de giro para poder investir na contratação de pessoas, máquinas e aluguel de espaço.

Com as camisas prontas, agora é a hora de vender o produto para o cliente. Para isso, há mais um gasto de R$ 10.000, que compreende venda, entrega, comunicação etc. Isso significa que o empresário gastou R$ 60.000 para produzir e vender sua mercadoria. A partir deste gasto, é possível calcular o preço de cada camisa, incluindo uma margem de lucro de, por exemplo, 25%, fazendo com que o valor das vendas deste lote chegue a R$ 75.000.

É este dinheiro que garantirá a produção de novas camisas, fazendo o capital girar e a empresa prosseguir no seu ramo de negócios.

Por que o capital de giro é importante?

O capital de giro é a base do funcionamento de qualquer empresa, e é por meio dele que o negócio continua em crescimento, garantindo o pagamento de salários, impostos, fornecedores, compras de mercadorias e demais compromissos financeiros. Além disso, esse recurso também possibilita vendas a prazo, já que garante a continuidade das atividades enquanto os pagamentos entram gradativamente no negócio.

Tipos de capital de giro

O capital de giro pode ser caracterizado pelo dinheiro que a empresa possui, seja no caixa, nas contas a receber, na conta corrente bancária ou no estoque. Conheça agora 4 tipos de capital de giro.

O que é capital de giro próprio?

O capital de giro próprio (CGP) é todo valor que uma empresa possui para atender compromissos de curto prazo, sem depender do investimento financeiro de terceiros. Saber calcular esse indicador é muito importante para cumprir com obrigações financeiras e também para manter o negócio funcionando.

Para saber qual é o capital capital de giro próprio da empresa, basta fazer o seguinte cálculo:


















































































Patrimônio Líquido*

_

Ativo Permanente**

+

Ativo Realizável a Longo Prazo***

=

Image Alt Text

Capital de Giro Próprio

*Patrimônio Líquido: Representação da riqueza efetiva da empresa, como valor que foi investido no negócio, lucros que foram gerados e estão aguardando a distribuição entre os sócios/acionistas, ações em tesouraria, reservas de valores.

**Ativo Permanente: Reflete a soma dos ativos imobilizados (equipamentos, imóveis, etc) e dos investimentos de longo prazo (participações em aquisições) de uma empresa.

***Ativo Realizável a Longo Prazo: Qualquer conjunto de bens e direitos que se realizarão em um período maior que um ano contábil. Exemplo: cheques ou transferências que entrarão em caixa após 12 meses.

O que é capital de giro líquido?

Antes de entender o que é capital de giro líquido (CGL), é muito importante conhecer alguns conceitos básicos da contabilidade, como balanço patrimonial (BP), ativos circulantes, ativos não circulantes, passivo circulante, passivo não circulante e patrimônio líquido.

Image Alt Text
O que é balanço patrimonial?

Balanço patrimonial é um documento de demonstração financeira obrigatório para todos os tipos de empresa no Brasil, exceto para microempreendedores individuais (MEI). Ele estabelece se o seu negócio está trazendo lucros ou não.

Image Alt Text
O que são ativos circulantes?

Os ativos circulantes são definidos pelas contas a receber de clientes, impostos que podem ser restituídos, o estoque e as demais despesas.

Image Alt Text
O que são ativos não circulantes?

Os ativos não circulantes são a soma dos créditos junto a sócios, os valores de investimentos permanentes e patrimônios físicos.

Image Alt Text
O que são passivos circulantes?

Os passivos circulantes são aquelas obrigações que devem ser pagas no período de um ano, como matérias-primas, contas de pagamento imediato, empréstimos com vencimento em menos de 360 dias e impostos de recolhimento anual.

Image Alt Text
O que são passivos não circulantes?

Os passivos não circulantes são aqueles que não serão pagos imediatamente. Ainda são obrigações da empresa e não podem sair do radar dos gestores, mas, por serem exigíveis em um futuro mais distante, podem ser elencados na parte inferior dos passivos da empresa.

Image Alt Text
E o capital de giro líquido?

Finalmente, o capital de giro líquido é todo recurso financeiro que uma empresa possui para a continuidade do negócio, exceto seu ativo não circulante, ou seja, tudo aquilo que não pode ser liquidado com facilidade, como bens e imóveis.

O que é capital de giro negativo?

O capital de giro negativo mostra que uma empresa está gastando além do que recebe e isso nem sempre é ruim. Por exemplo, se um negócio ainda está em crescimento, é comum haver mais investimentos e custos do que ganhos nos primeiros meses. No entanto, é melhor ficar alerta se a situação se mantiver assim, pois ela mostra que a empresa ainda depende de fontes externas para manter o seu capital girando, ou seja, não tem independência para funcionar.

O que é capital de giro associado a investimentos?

O capital de giro associado a investimentos é a parcela de recursos reservada para cobrir os custos da empresa com investimentos. Por exemplo, se a empresa financiou um equipamento, pode ser que precise de insumos para a produção e, nesse caso, o capital de giro será financiado.

Como calcular o capital de giro?

Para saber qual é o capital de giro do negócio, basta fazer o seguinte cálculo:

Contas a receber

+

Valor em estoque

_

Contas a pagar

+

Obrigações financeiras e tributárias

=

Image Alt Text

Capital de Giro

Qual é a diferença entre fluxo de caixa e capital de giro?

O fluxo de caixa é uma ferramenta que permite ao empresário saber das entradas e saídas de dinheiro da empresa, além de ajudá-lo a manter as contas positivas e o cumprimento das obrigações financeiras. Já o capital de giro é toda quantidade de dinheiro que uma empresa necessita para dar continuidade às suas operações e honrar suas despesas.


Faça o Fluxo de Caixa com o QuickBooks

Enquanto você vende, nós cuidamos dos gráficos

Com um sistema de gestão financeira você tem mais tempo para vender e cuidar dos seus clientes. Deixe os números com a gente!

Qual a diferença entre investimento fixo e capital de giro?

O investimento fixo corresponde às despesas iniciais com todos os bens necessários para que a empresa funcione, como máquinas e equipamentos. Mesmo que a empresa já exista, é importante realizar essa etapa, pois com ela você documenta todo o patrimônio da empresa. O capital de giro, por outro lado, diz respeito aos valores monetários que a empresa possui, seja no caixa, nas contas a receber, na conta corrente bancária ou no estoque.

Qual a relação entre capital de giro e controle de estoque?

O capital de giro se refere a todos os recursos que um negócio precisa para se manter funcionando no curto prazo, como pagamento de despesas ou compra de materiais. Empresas comerciais investem a maior parte desse montante em estoques, isso significa que, quanto mais mercadorias eles recebem, maior é o capital de giro necessário para mantê-los.

Planilha de Controle de Estoque

Simples de usar, essa planilha é ideal para quem está começando a controlar as finanças da empresa. Calcule o saldo atual do estoque de seus produtos e tome as melhores decisões baseadas em números.

Como controlar o capital de giro com o QuickBooks?

Para ter mais controle e segurança sobre as movimentações do seu negócio, uma boa é contar com a ajuda da ferramenta de Fluxo de Caixa. Com ela, dá pra acompanhar as entradas e saídas de dinheiro da empresa, além de saber quanto você tem disponível para investir.


Outra dica é investir na ferramenta Controle de Estoque para ter uma visão mais ampla de todos os produtos que foram vendidos e comprados, ampliando seu conhecimento sobre as mercadorias e, consequentemente, do seu capital de giro.

Preços que se ajustam ao que você precisa.

Suporte gratuito e ilimitado

Acesse no site ou aplicativo

Cancele quando você quiser

QuickBooks Básico

Ideal para Microempresas (ME), Profissionais Liberais e Freelancers (MEI)


R$ 69 /mês

QuickBooks Plus

  • Pequenas e Médias Empresas
  • Notas fiscais grátis e ilimitadas
  • Boletos grátis (até 100 boletos)

R$ 90 ,30/mês

Desconto válido por 6 meses

QuickBooks Contadores

  • 10 licenças para seus clientes
  • Usuários ilimitados em cada licença
  • Notas fiscais grátis e ilimitadas

R$ 19 ,90/mês

por 12 meses / por licença